Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor




Não, é que não tenham dúvidas. Vou mesmo ser emigrante.

por Quadrada, Segunda-feira, 21.03.11

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

6 comentários

De Joana Pedrosa Santos a 21.03.2011 às 21:09

Ai, opá...eu ADORO esta :P


Dance avec moi, je suis nananana dans te bras
Te quiero tanto, eres mi sueño, mi encanto
let's dance together, i wanna take you to the moon

xD

De Quadrada a 21.03.2011 às 22:20

Sim, a música já por si é caso para rir (ou para chorar, visto que foi representar Portugal!). A cantora então nem se fala...
Quanto a essa fantástica parte da letra (e utilizando uma frase que ouvi o stôr Ramiro dizer uma vez): É Portugal no seu melhor.

De Joana Pedrosa Santos a 22.03.2011 às 10:57

Epá, nem fales do stor Ramiro! xD

Tenho saudades de ter as notas do secundário xD

De Quadrada a 22.03.2011 às 21:21

E eu, minha filha, e eu!

De tiagorozeira a 22.03.2011 às 15:22

Cada estilo musical, nasceu em determinado lugar. Em Portugal, nasceu este género musical.
A questão que coloco é a seguinta: que estilo musical é que deveria ser levado para representar Portugal?

Acrescento também que, uma vez, o Herman José num programa seu, cantou uma música em Inglês. O público todo delirou, mas no fim, ele perguntou se tinham gostado da música e todos disseram que sim ao que ele prontamente disse que a música era dos Anjos.

O que se deve mudar, por ventura, serão os vocalistas. As músicas e as letras, eu posso dizer que sou contra. Se é para representar o País, que seja representado de acordo a sua tradição.

De Quadrada a 22.03.2011 às 21:29

Olha, desculpa lá mas não! Eu nunca disse que cantar em inglês é que era bom ou que Portugal não tem bons músicos! Porque se quiseres falar em bons vocalistas, eu sou a primeira a falar-te nos Anjos!
E nem sequer concordo com isso de se levarem letras noutra língua que não o Português, ponto assente!
E não tem que se mudar vocalista nenhuma, porque para a pimbalhada a Sabrina chega muito bem. Tem muito boa voz para o estilo que está a interpretar, também nunca me viste referir a ela enquanto problema!
Queres falar em tradição?? Então fala no FADO. Isso é que é a tradição!


Tenho dito.

Comentar post