Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



E de facto tenho todos os motivos para estar orgulhosa

por Quadrada, Quarta-feira, 09.01.13

Uma das coisas que me preocupava em relação ao Príncipe William era como os meus amigos e a minha família iriam reagir quando eu o apresentasse como meu namorado oficial. Ainda não o fiz porque acho cedo, mas as pessoas sabem que estamos juntos. Os meus irmãos reagiram bastante bem (coisa que eu já esperava, porque um deles é amigo do Príncipe), a minha mãe respirou de alívio quando lhe contei todas as coisas que ele faz por mim e o quanto estou feliz, tenho noção que o meu pai desconfia (mas só quero confirmar quando for a altura certa, para não ser uma salta-pocinhas), e os meus amigos lá da terrinha já estão todos ao corrente da situação.

No entanto, faltavam os meus amigos de Coimbra. Não eram todos que me preocupavam, mas sim uma amiga em especial. Porquê? Porque, desde que fiquei solteira, ela tem sido a minha companhia constante. Aconteceram-nos mil e uma peripécias, metemo-nos em montes de aventuras, conhecemos imensa gente, fizemos parvoíces atrás de parvoíces, vivemos noites absolutamente loucas e, bem...digamos que ela acompanhou todo o meu tempo enquanto solteira (que, como devem imaginar, foi tudo menos sossegado). Tal como eu, ela também tinha ficado solteira mais ou menos na mesma altura, então fomos parceiras de crime durante esses tempos. O meu medo estava no facto de recear que a reacção dela fosse menos boa, dado que a existência de alguém na minha vida (alguém que eu leve a sério, leia-se) requer que a minha vida acalme um bocadinho o ritmo, por uma questão de respeito ao Príncipe.

Acontece que, depois de lhe dar a conhecer o detentor da minha atenção, aquilo que ouvi foi: "Pelo amor de Deus, não sejas estúpida e não o largues porque não vais encontrar mais nenhum igual e sabes disso. Já agora, onde é que o arranjaste? Há alguma loja com homens desses? É que se houver eu vou já lá", e a modos que isto me deixou toda babadinha. A verdade é que não é a primeira pessoa a dizer-me que sou uma rapariga cheia de sorte, que ele é maravilhoso, que não há outro igual, e isso deixa-me muito contente. De facto, tenho noção que sou uma sortuda e que ele é tudo o que sempre sonhei! Deixa-me inchada de orgulho, porque não precisou de fazer nada para conquistar as pessoas importantes para mim. Bastou ser ele mesmo e, de forma natural, caiu nas boas graças de toda a gente. E aqui estou eu, cada dia mais apaixonada pelo meu pirralhinho!


(tive que pôr este gif aqui porque me fez lembrar de mim e do Príncipe...é que os cabelos são absolutamente iguais... xD)

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Fábio Raposo a 09.01.2013 às 14:20

Faz o obséquio de continuar feliz Quadrada :)
É assim que eu te quero ver, feliz e contente :)
Dizes que estás inchada, esse é um inchaço bom, daqueles que acontecem quando uma pessoa este mais feliz que nunca ;)
Respondendo à tua amiga, loja não há, mas que ainda há homens neste mundo isso há, podem não ser muitos, mas ainda se encontram alguns.

De Quadrada a 09.01.2013 às 20:39

Estou muito feliz mesmo :) Como diria a Floribella: super hiper mega ri-feliz! :)

De meninapequenina. a 09.01.2013 às 15:20

Também gostava de encontrar essa loja!

De Quadrada a 09.01.2013 às 20:28

Eles andam aí...não sei onde, mas andam! Só que alguns escondem-se bem! :P

Comentar post