Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Essa coisa do Dia dos Namorados

por Quadrada, Segunda-feira, 11.02.13

Não sou nem nunca fui daquelas pessoas que se recusam a festejar o Dia dos Namorados sob argumento de ser uma estratégia para apelar ao consumismo. Concordo plenamente que se usa este dia como pretexto para vender tudo e mais alguma coisa, mas a verdade é que só compra quem quer. Se são assim tão contra o consumismo típico do Valentine's Day, então têm bom remédio: não comprem nada. Até porque, a meu ver, o Dia dos Namorados não está propriamente na compra do presente, mas sim no modo como se passa o dia.

É claro que não devemos ser fofinhos e amorosos para a nossa cara metade só neste dia. Um namoro é algo que deve ser festejado todos os dias. No entato, é certo e sabido que com a correria diária que as pessoas têm, às vezes sobra muito pouco tempo para dedicar à relação (nem que seja só ficarem deitadinhos a fazer conchinha). E, sendo assim, acho que é bonito tirarem este dia (ou outro qualquer!) para fazer um miminho mútuo, ir ao cinema, jantar à luz das velas ou apenas fazer uma promessa especial. Sei lá, os presentes são completamente descartáveis. Foquem-se mas é em serem bons namorados, que isso é que importa (e não, um bom namorado não é aquele que nos enche de presentes, é preciso beeeem mais que isso).

(eu cá já ficava feliz se fosse comer um gelado destes)

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Fábio Raposo a 12.02.2013 às 15:44

Sou da opinião que um ano tem 365 dias dos namorados, todos os dias são bons para mostrar à cara metade a importância que tem, todos os dias são bons para fazer umas surpresas. Para quê aguardar pelo dia 14 de Fevereiro ? Se as coisas foram feitas noutros dias acho que têm mais impacto, porque uma pessoa não está à espera :)

De Quadrada a 12.02.2013 às 17:05

É verdade...mas, por exemplo, eu tenho a sorte de ter um namorado que faz com que todos os dias pareçam o Dia de S. Valentim e, no entanto, vamos festejá-lo na mesma

Comentar post