Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Vida em Coimbra

por Quadrada, Terça-feira, 15.02.11

Três coisas que detesto nesta cidade:

  1. As pessoas que passam por mim na rua espantam-se quando lhes digo "bom dia", tal como fui habituada na minha terra;
  2. A sirene do INEM toca a toda a hora;
  3. O Babe não passa a semana aqui comigo, 24/24 horas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

CSI - Comunicado Super Importante

por Quadrada, Terça-feira, 15.02.11

Pessoas que me mandam mensagens e que eventualmente leiam o meu blog:

Não vos respondo porque não tenho mensagens.

Autoria e outros dados (tags, etc)

E já sei o que a casa gasta...

por Quadrada, Terça-feira, 15.02.11

...mas se eu fosse o Babe, comentava o post anterior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrevam, para não se esquecerem:

por Quadrada, Terça-feira, 15.02.11

Eu ainda hei-de ir ao Rio de Janeiro com o meu namorado. E, por essa altura, hei-de estar no meu melhor: linda, esbelta, maravilhosa, a passear no calçadão de chinelo no pé e calçãozinho curto, abraçada ao meu Babe (também ele lindo de viver, super apaixonado pour moi), enquanto saboreio uma deliciosa água de côco e ouço Ivete Sangalo, vinda de um lugar qualquer.

 

Escrevam.

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas que me chateiam um bocado.

por Quadrada, Terça-feira, 15.02.11

Não páro de ler posts anti-dia-dos-namorados por essa blogosfera fora, e estive a pensar aqui com os meus botões quais as maneiras mais simpáticas de explicar porque é que isso é estúpido.

Podia contar-vos que o Dia dos Namorados, para quem realmente está apaixonado, é apenas mais uma desculpa para mostrar um imenso sentimento, pois a verdade é que o amor entre casais assim é festejado todos os dias.

Podia dizer-vos que o problema não está no Dia dos Namorados ou no que ele representa, está sim nas pessoas que só se dão "ao trabalho" de brindar as suas caras-metade com carinho neste dia.

Podia, igualmente, explicar-vos que é completamente estapafúrdio alegarem que não gostam deste dia porque é puramente comercial, já que o comércio aproveita para vender em qualquer época e não é por isso que abominam o Natal quando os Centros Comerciais se enchem de luzinhas e o All I Want For Christmas Is You nas colunas.

Tal como podia falar no pormenor de festejarem o facto de estarem vivos quando é o vosso aniversário e não andarem aí a dizer "ABAIXO O MEU DIA DE ANOS" como se não houvesse amanhã.

Também podia sugerir que, se para vós este é apenas mais um dia, pelo menos façam como a minha amiga Patrícia e não chateiem quem se derrete com os peluches a dizer I Love You ou os jantarzinhos à luz das velas.

 

Podia dizer tudo isto e outras tantas coisas que me assolam a mente quando leio ou ouço coisas como "O DIA DOS NAMORADOS É UMA TRETA, TAL COMO É UMA TRETA QUEM O FESTEJA".

Mas decidi deixar a simpatia de lado e ir directa à questão:

 

Vocês abominam o Dia dos Namorados por uma ou mais entre 4 simples razões:

1. São solteiros e, como os comprometidos andam aí felizes da vida, vocês deprimem e rogam pragas a todos os casais;

2. São naturalmente do contra, por isso são anti-dia-dos-namorados, anti-futebol, anti-pessoas-que-não-jogam-futebol, anti-pássaros, anti-inverno, anti-outono, anti-verão, anti-primavera, anti-vocês-mesmos, e por aí fora.

3. Acham que é bué da cool ser um revolucionário e, ao invés de se dedicarem a faltar às aulas para serem rebeldes, preferem uma coisa mais soft e desprezar o dia 14 de Fevereiro;

4. Namoram, mas o vosso par está preocupado com tudo menos dar-vos atenção e, como já sabem que este dia será triste, preferem dizer que não o festejam por opção, só para não dar a parte fraca.

 

E a modos que é isto.

Chovam agora comentários de quem sentiu que a carapuça lhe serviu e que diz não senhor, eu não festejo mas isso é porque não gosto de lamechices (e que depois vai chorar no escurinho do cinema, enquanto todos passeiam felizes e singelos, e eles(as) estão sozinhos(as) a ver O Amor Acontece).

A mim tanto se me dá como se me deu, e só para meter nojo: ADOREI O MEU DIA DOS NAMORADOS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desabafo #

por Quadrada, Terça-feira, 15.02.11

Ver o teu nome no ecrã.

Ouvir o som da tua voz.

Sorrir por falar contigo.

Saber que tudo o que estás a dizer é sincero.

 

Amo-te.

Acho que a surpresa de ontem só te trouxe benefícios, devias experimentar mais vezes.

Digo eu.

Autoria e outros dados (tags, etc)