Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



A ver o jogo do Benfica em família...

por Quadrada, Quarta-feira, 02.03.11

Benfica falha um lance.

Pai: PORRRRRRAAA-SEEEE!!

Quadrada: Eia! O Pai acabou de inventar uma nova asneira: "Porra-se".

 

...

 

Benfica faz uma falta.

Pai: Eh, não é nada!

Mãe: Ai isso é que é, claramente!

Pai: Naaah, não é bem assim, não é bem assim.

Mãe: Desculpa lá, o que é, é; o que não é, não é!

Quadrada: Mãe, se queres usar argumentos, usa algum que seja válido.

 

...

 

Comentador: (...) e é um jogo bastante empolgado (...)

Mãe: Só é empolgado porque está a jogar o Polga.

Irmão: Se estivesse a jogar o Carriça, já era um jogo encarriçado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já tinham saudades, hã?

por Quadrada, Quarta-feira, 02.03.11

Situação: Quadrada encontra uma caixa com morangos em casa e decide levar para comer com o Babe. Chegada lá, oferece morangos ao Babe e ele nada. Quadrada insiste com Babe e ele nada. Quadrada quase obriga Babe a comer o raio dos morangos e ele nada.

 

Quadrada: Porra, fazer coisas por ti é o mesmo que fazer coisas pelo Zé d'Além.

Babe: Quem é esse?

Quadrada: Não sei, mas como ele não está cá significa que estou a fazer as coisas p'ró caraças.

Babe: Porquê?

Quadrada: Trouxe-te morangos e nem sequer tiveram uso.

Babe (mostrando a caixa vazia): Não tiveram uso??? Porra, tu comeste-os todos!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ist'é precis'é calma...

por Quadrada, Quarta-feira, 02.03.11

Depois da tempestade vem sempre a bonança.

E com a bonança vêm os beijinhos, os miminhos, as tardes a rir à gargalhada e a gozar um com o outro...vêm os passeios juntos, as mãos dadas, os risos altos, os planos a dois...

Ai, como eu adoro as bonanças.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ora bem, vamos cá ver se a gente se entende.

por Quadrada, Quarta-feira, 02.03.11

Isto agora, não sei porquê, diz sempre "incorporação desactivada" quando ponho aqui um vídeo do YouTube.

Portanto, sempre que carregarem no Play e vos aparecer isso, cliquem em baixo, onde diz "Ver no YouTube".

Assim já dá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já dizia o Elvis...

por Quadrada, Quarta-feira, 02.03.11

 

 

 

 

Talvez eu não te tenha tratado

Tão bem como deveria...

Talvez eu não te tenha amado

Tantas vezes como poderia...

 

Pequenas coisas que devia ter dito e feito

E simplesmente não me dei ao trabalho!

Mas tu estiveste sempre no meu pensamento...

Estiveste sempre no meu pensamento...

 

Diz-me...Diz-me que o teu doce amor ainda não morreu...

Dá-me...Mais uma chance para te manter satisfeita...

Satisfeita...

 

Talvez eu não te tenha abraçado

Em todos aqueles momentos de tanta solidão...

E acho que nunca te disse

Que estou tão feliz por tu seres minha...

 

Se te fiz sentir como a segunda escolha,

Miúda, perdoa-me, eu estava cego...

Tu estiveste sempre no meu pensamento...

Estiveste sempre no meu pensamento...

 

*Canção escrita e dedicada à sua ex-mulher, Priscilla...precisamente quando ela decidiu que estava cansada e que queria separar-se. Engraçado.

Ela aparece no vídeo, para quem não souber de quem se trata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para ti, Maria (e não é nenhuma música dos Xutos)

por Quadrada, Quarta-feira, 02.03.11

Ó Maria, não sejas "vai-com-as-outras" e larga-me esse homem. Ele não gosta de ti, gosta dele. Gosta dele e do que lhe dás. Porque, vejamos, o que lhe dás é o que ele quer...isto é: tudo.

O que é que tu lhe negas, ó Maria?! Não lhe negas nada. Nem um beijinho. Nem um miminho. E ele nega-tos todos, essa é que é essa.

Ó Maria, mas tu queres um homem que não te quer?! Queres um homem que te dá murros no ego e cada bordoada na sanidade mental, que até no estômago sentes?! Queres um homem que se orgulha de ser muito bonzinho porque não te dá porrada, mas que te vai pondo maluca aos bocados?!

Ó Maria, diz-me lá que raio queres tu para a tua vida, que eu cá não te percebo. Tanta parra e tão pouca uva. Ele ainda goza com a tua cara, no final das contas. Ainda se ri porque acha que não és capaz de o mandar ir c'os porcos. E depois lá estás tu na lama outra vez, enquanto ele te dá menos uso que ao pano da loiça. E olha que ele nem sequer lava a loiça, portanto vê lá a utilidade que tens para o moço.

Isto não é só andar aqui de perna aberta à espera que os Josés Marias deste Mundo se decidam a tratar-te como gente, mulher! Não é só ameaçar que vais embora e depois ficares! Ameaça, ameaça, ameaça...mas depois vai mesmo! Porque se ele gostar de ti como diz, não há orgulho que o detenha, e o chavalo vai mesmo dar corda às perninhas para correr atrás de ti os quilómetros que forem precisos!

E isso, Maria, isso é que é gostar de ti. Dizer que gosta não serve de nada. No fundo, não é nada mesmo.

Ele gosta de ti se te mostrar que gosta. Falar, falar...ó Maria, isso todos falam!

Mas lutar por ti uma e outra vez, Maria...ó mulher, isso só mesmo quem te amar.

Autoria e outros dados (tags, etc)