Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Aaaiiii...

por Quadrada, Sexta-feira, 20.05.11

Começo a ficar seriamente farta da minha senhoria. Mas é que farta mesmo!

Não posso dar um passo sem que a mulher me venha perguntar onde é que vou, quando é que venho, blá blá blá. Passa a vida enfiada nos nossos quartos, mexe em tudo (à conta disso já me partiu uma moldura e um copo), vai ao meu quarto e arruma as coisas onde quer e como quer (ontem andei aflita à procura de um presente que o Babe me deu e que fui encontrar arrumado no armário que uso como dispensa), faz perguntas sobre tudo e mais alguma coisa, controla-nos, exige que eu a avise quando não janto ou não durmo em casa (eu acho que a única coisa que lhe compete é assegurar que tenho boas condições, a partir do momento em que lhe pago o quarto, porque o resto já é vida pessoal e ela não tem que andar a meter o bedelho).
A juntar a tudo isto, moramos num sótão onde ela improvisou cinco quartos, uma espécie de cozinha (não tem fogão, o frigorífico dá-me pela anca e o congelador está avariado) e uma casa-de-banho também com uma espécie de banheira (a água sai toda para fora visto que a base é plana e não funda e, a juntar à festa, a água quente dura cerca de 2 minutos).
Como se os contras já fossem poucos, ainda nos faz pagar 145€ por um quarto num sótão ilegal, não passa recibos, passa a vida a fazer comentários sobre o que não lhe compete, nem sequer temos Internet (ou seja, a juntar a este valor ainda temos que pagar o extra de uma pen com Internet portátil) e nem sequer podem entrar rapazes lá em casa, o que significa que o Babe fica feito cão lá fora, tal como o namorado da Mar. MAAASS (isto não era a mesma coisa sem um "mas) fiquei a saber que, durante a minha ausência, a nova inquilina (a tal beata que tem claramente tratamento privilegiado) levou lá a casa o namorado e os pais do namorado e ficou lá tudo muito feliz e contente a almoçar. Então?? As regras servem para umas e não servem para as outras?? A graxa realmente é uma coisa fabulosa...
No início, quando era para nos manter cá, a senhoria falava com toda a delicadeza, era muito atenciosa, um verdadeiro cordeiro. Agora (principalmente desde que a beata veio morar para cá) passa a vida a criticar-nos, responde-nos torto, manda bocas e revelou-se um autêntico lobo. Ainda há pouco teve a lata de vir ao meu quarto, que eu pago todos os meses, acusar-me de ter cortado um edredão com uma tesoura. Passei-me logo da cabeça!! Então ela é que me parte as coisas e nem sequer as paga, e eu é que ainda tenho que estar a ser acusada de andar a cortar coisas, como se não tivesse mais nada que fazer?! Ai a minha vida...!
Deus me livre de ficar cá o curso inteiro, credo! É que ponho-me a andar já antes do Verão!

É que, sabem, eu não acredito em bruxas. Mas que as há, há!

 

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)