Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Quadrada e os seus sonhos parvos

por Quadrada, Domingo, 31.07.11

Esta noite tive um sonho que foi márá. Esta expressão é a forma que o Sr. Ladir do Toma Lá Dá Cá tem de dizer "maravilhoso". Portanto sim, o meu sonho foi márá!

E porquê? Porque foi parvo. Estava eu muito descansada num café com o Babe a comprar uma saca de pães com doce (o que, por si só, já não é muito normal) quando recebo uma mensagem do meu primo a dizer para ir ter à praia. Quando cheguei, estava lá o Babe (outra coisa estúpida, visto que supostamente ele estava comigo no café) e o meu ex-namorado vestido com um blusão de capuz, bué dark, tipo a Morte. Agora que me lembro, estava mais baixo no sonho do que realmente é na realidade.

Vai daí, eu fico a olhar para os dois (enquanto isto, o meu primo - que foi quem me enviou a mensagem - nem sequer lá estava) e o Babe tira a roupa e vai nadar (?), enquanto o outro me mostra uma caixa de pílulas, aponta e diz assim: Vês? Temos um filho. Se isto faz sentido? Não. Mas eu fiquei aterrada! Um filho? Nós os dois temos um filho?? E ele: Sim, Quadrada! E tu vais ter que assumir as tuas responsabilidades! E eu: Ok...Olá! E depois ele foi-se embora no meio do nevoeiro.

Ora, além de ser estúpido aquele "olá", também é estúpido que tenhamos um filho e eu não saiba. Afinal de contas, quem tinha que o parir era eu!
Mas pronto, para a próxima lembrem-me de não beber muita Coca-Cola ao jantar, que depois o açúcar dá-me assim a volta ao sistema.

Autoria e outros dados (tags, etc)