Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



...

por Quadrada, Sábado, 08.10.11

Há certas situações na nossa vida que nos deixam magoados durante algum tempo. Estou a atravessar uma dessas situações, mas tenho plena noção que só estou tão em baixo porque é a primeira vez que me deparo com algo assim na minha vida. Provavelmente, vou passar por isso muitas mais vezes e já saberei lidar de maneira diferente, bem como não me irá afectar da mesma forma que está a afectar agora.

Sempre tive um problema muito grande, que é o facto de ligar muito ao que as outras pessoas pensam. É fácil virar-me para os outros e dizer-lhes para não ligarem ao que se diz, que o que importa é que estejamos bem com a nossa consciência, mas a verdade é que é mais fácil falar do que fazer e, quando nos toca a nós, dificilmente seguimos os nossos próprios conselhos.

O certo é que estou bem com a minha consciência, mas preocupa-me o que determinadas pessoas possam estar a pensar e que interpretações possam fazer de certas coisas que aconteceram. O processo de luto adapta-se a várias situações da nossa vida e esta é uma delas, embora eu tenha plena noção que é daquelas coisas às quais não devia dar tanta importância, especialmente quando as palavras saem da boca de quem não me interessa minimamente, mas é mais forte que eu. Estou magoada e triste e, apesar de os miminhos do namorado ajudarem muito nestas alturas (bem como o facto de as pessoas que me interessam saberem a verdade), o certo é que há ainda uma pontinha de tristeza em mim, que me faz dormir mal, comer pouco e rir ainda menos.

E isto é triste, vindo de mim.

Autoria e outros dados (tags, etc)