Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



"O amor pode ser verdadeiro mesmo quando não é eterno?"

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

Pode sim senhor. Não concordo com aquelas frases que dizem que amor verdadeiro não acaba ou que nunca se esquece um grande amor. Ou se calhar até nem se esquece e até nem acaba, mas habituamo-nos à ausência, a já não existir nada; convencemo-nos de que já não há amor e que já passou. E quem sabe se passou? Talvez sim, talvez não, mas who cares? Se aprendemos a viver assim é porque sabemos estar bem sem esse sentimento ou sem essa pessoa. Ou então amamos várias vezes, de várias maneiras diferentes. O facto de ter acabado não significa que não tenha existido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Outra vida

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12
"Talvez não seja nessa vida ainda, mas você ainda vai ser a minha vida
Sem ter mais mentiras pra me ver, sem amor antigo pra esquecer
Sem os teus amigos pra esconder, pode crer
Que tudo vai dar certo"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não, este eu tinha que partilhar!

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12


Não sei se ria, se chore.

Autoria e outros dados (tags, etc)

E o que é que eu posso dizer perante isto?

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

- Gostava tanto que viesses comigo ao estúdio. Já alguma vez estiveste num?

- Não.

- Então ias gostar.

- Tem parede de vidro e tudo, já sei.

- Não, aquele não tem. Mas ainda assim gostava que fosses lá um dia, para ficares muito orgulhoso de mim.

- Mais ainda?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pergunto-me onde estão os meus dotes de disfarce. Não estão.

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

- E foi nesse dia.

- Eu sei, estava lá, ainda me lembro de te ver entrar.

- Oh, pois foi, tu estavas lá!

- E tu estiveste o tempo todo a olhar para mim.

- ...

- Eu vi.

- A sério que reparaste?

- Reparei.

- Como assim, "reparaste"??

- Eu vi que estavas a olhar para mim.

- Eia!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Brown Eyes

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12
Remember the first day when I saw your face?
Remember the first day when you smiled at me?
You stepped to me, and then you said to me,
I was the woman you dreamed about
Remember the first day when you called my house?
Remember the first day when you took me out?
We had butterflies although we tried to hide it,
And we both had a beautiful night

The way we held each other's hand,
The way we talked, the way we laughed,
It felt so good to find true love
I knew right then and there you were the one
I know that he loves me, cause he told me so
I know that he loves me, cause his feelings show
When he stares at me, you see he cares for me
You see how he is so deep in love
I know that he loves me cause it's obvious
I know that he loves me cause it's me he trusts
And he's missing me, if he's not kissing me
And when he looks at me his brown eyes tell his soul

Remember the first day, the first day we kissed?
Remember the first day we had an arguement?
We apologized, and then we compromised
And we haven't argued since
Remember the first day we stopped playing games?
Remember the first day you fell in love with me?
It felt so good for you to say those words
Cause I felt the same way too

I'm so happy, so happy that you're in my life
And baby now that you're a part of me
You showed me,
Showed me the true meaning of love

Autoria e outros dados (tags, etc)

E agora um desafiozinho só naquela de matar saudades

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

1. Pensa na última pessoa que te disse "Amo-te"...achas que foi sincero?

Foi.

2. Namorarias com alguém com 18 anos, tendo em conta a idade que tens agora?
Se até os putos de 16 estão tão hot...!

3. Quando foi a última vez que estiveste feliz e triste ao mesmo tempo?
Esta noite.

4. Sorris para estranhos?
Depende da situação, mas sim, já aconteceu.

5. Há alguém chateado por namorares/saíres com a pessoa com quem namoras/sais?
Mais que uma pessoa, se bem que isso chateia um bocado.

6. Hoje já ouviste alguma música que te faça lembrar de alguém?
Já pois.

7. O que tens vestido?
Que pergunta mais sexting. Mas estou de pijama.

8. Com que frequência ouves música?
Todos os dias.

9. Usas mais calças ou calções?
Calças, for sure.

10. Achas que a tua vida vai mudar drasticamente antes de 2013?
Já mudou. Drasticamente mesmo.

11. És sociável?
Sou pois! 
 

12. Já beijaste alguém cujo nome comece pela letra "A"?
Oui.

13. E por "R"?
Também.

14. Interessa-te que as pessoas falem mal de ti?
Seria hipócrita se dissesse que não fico chateada com isso.

15. O que é que te hei-de perguntar agora?
Sei lá!

16. Vais sair da cidade brevemente?
Sim.

17. Quando foi a última vez que choraste?
Esta noite.

18. Já disseste que amavas alguém?
Sim.

19. Se pudesses, mudavas a cor dos teus olhos?
Não sei, acho que não.

20. Há alguém por quem sejas capaz de fazer qualquer coisa?
Sim.

21. Indica uma coisa que não gostaste no dia de hoje.
Não gostei de ter adormecido numa má altura.

22. Gostas de beijos na testa?
São os meus favoritos.

23. Namoras com a última pessoa com quem falaste?
Não.

24. Onde estás neste momento?
Na sala.

25. Para além da tua família, há alguém que te diga regularmente que gosta de ti?
Felizmente.

26. Alguma vez quiseste alguém que não podias ter?
Acontece.

27. Quem foi a última pessoa com quem falaste antes de ires dormir na última noite?
Com o Príncipe William (não, não é o da Kate).

28. Constipas-te regularmente?
É uma realidade.

29. De que cor é a tua camisola?
Lilás.

30. Há alguém que te odeie?
É capaz, mas não estou preocupada com isso.

31. Tens alguma garrafa vazia escondida no teu quarto?
Tenho garrafas vazias, mas não estão escondidas porque são de colecção. Se bem que entretanto vão todas com o galheiro, que só estão lá a fazer pó.
 

32. Gostas de ver filmes de terror?
Não porque depois não consigo dormir.

33. Gostavas de fazer um piercing na língua?
Not really.

34. Se tivesses que apagar um ano da tua vida, qual seria?
Acho que não o faria mesmo que tivesse hipótese de tal, mas se tivesse mesmo que ser escolhia o ano de 2007.

35. Lembras-te do sonho que tiveste na noite passada?
Lembro, foi perturbador.

36. Quando foi a última vez que disseste "adoro-te" a alguém?
Esta noite.

37. Achas que estarás casado daqui a cinco anos?
Sou gaja para isso. Mas depende de muitas coisas.

38. Achas que há alguém apaixonado por ti?
Sei que há.

39. Achas que há alguém a pensar em ti neste momento?
 
Epá, neste momento não sei, porque acho que está toda a gente a dormir.
 

40. Ontem foi um bom dia?
Ontem foi um excelente dia.

41. Estavas numa relação há dois meses?

Não.

42. Nas próximas 48 horas, vais sair com alguém?
Sim.

43. Já alguém te disse que não te queria perder?
Sim.

44. Qual a melhor parte da escola?
Os amigos.

45. Tens fotos tuas no Facebook?
Sim.

46. Costumas passar bilhetinhos aos teus amigos na escola?
Agora na faculdade já não, mas no secundário fazia isso.

47. Costumas relembrar as coisas que te acontecem?
Claro, como toda a gente.

48. Estavas solteiro no último Verão?
Não.

49. A tua vida é como há dois anos atrás?
Em parte sim, mas há muitas diferenças significativas.

50. O que é que devias estar a fazer agora?
Devia estar a dormir.

51. Odeias o último homem com quem conversaste?
Não.

52. És simpática com toda a gente?
Faço por isso.

53. Alguma vez te apaixonaste por alguém que julgaste que nunca ias querer?
Sim!

54. Achas que consegues levar uma relação por 6 meses sem traíres?
Acho.

55. És bom a esconder sentimentos?
Não, sou péssima. Se pareço estar a escondê-los então é porque não os sinto mesmo. Não sei fingir sentimentos.

56. Achas que gostas de alguém?
Sim, acho que sim...

57. Já beijaste alguém cujo nome começa por "J"?
Sim.

58. Preferes amigos homens ou mulheres?
Ambos. Sinto-me melhor a desabafar com raparigas, mas os melhores amigos que já tive foram todos homens.

59. Algum dos teus amigos já te fez chorar?
Claro, e não é vergonha nenhuma.

60. Odeias alguém?
Não diria tanto.

61. Como está o teu coração?
A ser bem tratado.

62. Há alguma coisa que tenha acontecido na tua vida da qual odeies falar?
Não. Já houve, quando eram coisas que me magoavam demais...mas agora não, passa-me ao lado e falo sobre isso na boa.

63. Já choraste por algum rapaz?
Sim, já.

64. Quem é que neste momento está a falar mal de ti?
Neste exacto momento acho que não está ninguém porque, como já disse, está tudo a dormir. Mas no resto dos momentos tenho bem noção de quem fala.

65. Tens as unhas pintadas?
Não.

66. O teu próximo beijo vai ser um erro?
Definitivamente não.

67. As raparigas adoram ver os namorados chorar, certo?
Não adoraaaamos. Se eles estiverem sempre a chorar, acho que nos parte o coração. Mas de vez em quando não lhes cai nada mal, assim sentimos que se importam.

68. Já perdeste as cuecas em público?
 
Porque é que tal coisa haveria de ter acontecido?
 

69. Com quem falaste ao telefone pela última vez?
Com uma amiga minha.

70. Como está a tua aparência de momento?
Nada apresentável.

71. Há alguém com quem consigas ser tu mesma?
Há, sim.

72. Podes comprometer-te com uma pessoa?
Claro.

73. Há alguém do sexo oposto a quem consigas contar tudo?
Como disse, as minhas melhores amizades são com homens.

74. Alguma vez te sentiste substituído?
Não, porque para isso era preciso eu ainda querer determinado posto, lugar, condição, ou whatever de que estejamos a falar.

75. Acordaste mal disposto?
Nada mesmo.

76. És uma pessoa ciumenta?
Confesso que sim, e detesto isso.

77. As relações valem a pena?
As relações valem a pena quando são com pessoas que valem a pena também.

78. Há alguém de quem tenhas desistido?
Há.

79. Estás à espera do momento de veres alguém?
De certo modo.

80. Nomeia algo que tenhas que fazer amanhã.
Estudar.

81. A última pessoa que te viu chorar.
Príncipe William (não, já disse que não é do Kate).

82. Existe alguém que nunca irás esquecer?
É capaz.

83. Achas que a pessoa de quem gostas te protege?
Nunca me deixa andar no lado da estrada, chega?

84. Se a pessoa de quem gostas estivesse contigo agora, o que estariam a fazer?
Provavelmente estávamos os dois tipo Bela Adormecida.

85. Já ultrapassaste o passado?
O que lá vai, lá vai, já dizia o Timon.

86. Alguma vez te apaixonaste pelo teu melhor amigo?
Se ele é o meu melhor amigo, não consigo vê-lo de outra forma, nem que se trate do Brad Pitt.

87. Há alguém que saiba absolutamente TUDO da tua vida?
Não.

88. Se o teu primeiro amor batesse à tua porta com presentes e pedisse desculpa, aceitavas?
Não.

89. Se a última pessoa que beijaste batesse à tua porta às 3 da manhã, deixava-lo entrar?
Não, porque ia acordar os meus pais. Ia eu lá abaixo.

90. Já gostaste de alguém que os teus amigos odiavam?
Já.

91. Estarás numa relação daqui a dois meses?
Não sei...

92. Há alguém que conheças com o nome Micael?
Sim.

93. Já beijaste algum Mateus?
Não.

94. Em Janeiro estavas numa relação? Se sim, como estava a correr?
Sim, e estava a correr lindamente.

95. Estavas feliz com a pessoa com quem estavas em Março?
Em Março estava.

96. A última pessoa a quem enviaste uma mensagem é atraente?
É.

97. De quem tens mensagens no telemóvel?
Agora só tenho de duas amigas minhas porque apaguei o resto.

98. Se a pessoa de quem gostas te dissesse que ainda gosta de outra pessoa, o que dirias?
Aquilo que já disse.

99. Já beijaste alguém mais velho que tu?
Já.

100. Quem está na tua foto de perfil contigo?
Um dos meus melhores amigos.

101. Já beijaste alguém sob fogo de artifício?
Sim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ok, porque é que eu não tenho uma coisinha destas?

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre ti:

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

"Ninguém é tão louco que não possa encontrar outro louco que o entenda."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como irmãos ontem, como irmãos hoje

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

Hoje estive com um dos meus melhores amigos do secundário. Um dos melhores não...o melhor, mesmo. Aquele que estava lá nos bons e maus momentos, que sabia sempre o que dizer, que tinha uma piada pronta a atirar sempre que os meus olhos pareciam querer chorar.

fuck, está tudo igual. Ri por horas e horas com ele, que tanto soube ridicularizar as coisas más de que fui alvo este ano, que soube fazer delas uma piada e rir-me das tristezas antes que elas se rissem de mim. Foi fantástico não precisar de lhe contar nada, porque "está tudo nos teus olhos, rapariga". É como recuar no tempo, mas mais crescida, mais mulher, com mais saudades e com plena noção do que vale e não vale a pena.

No meio de tanta mudança, definitivamente há coisas que nunca mudam. {#emotions_dlg.smile}



Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Simples e eficaz

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

- Então e se casarmos?

- Se casarmos vai ser perfeito.

- Ah vai? Porquê?

- Porque tu foste feito para mim.

- Não, não fui.

- Foste sim! Íamos passar os nossos dias agarradinhos, a dar miminhos um ao outro, íamos ver bué Sobrenatural, entrar em RPG's, conversar sobre Harry Potter, beber Coca-Cola, dormir até às quatro da tarde, passar as noites em claro...

- Então e trabalhar?

- Não. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Talvez seja esta a minha carta

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

Apetece-me escrever-te uma carta. Mas uma daquelas à antiga, com a caligrafia em itálico e com um beijinho de batom no fim. E que raio diria eu nessa carta?

Bem, talvez dissesse que o teu cheiro é inconfundível, que qualquer pessoa com um perfume igual ao teu me faz querer fechar os olhos e senti-lo por horas, pelo simples facto de me lembrar de ti. Que o teu cabelo preso por entre os meus dedos me faz sentir que tenho algum controlo no nosso destino, mas que a forma como me deixas entre a espada e a parede muda isso por completo.

Ou se calhar diria que quando a noite cai e vens direito a mim de mãos nos bolsos e sobrancelha levantada eu simplesmente não sei mais como se anda, como se fala, como se respira devagar. E que quando os teus dedos se entrelaçam nos meus eu apenas sinto que encaixo nalgum lado, que o meu lugar é junto a ti. E quem sabe se não é?

Mas será que escrever isso numa carta em papel amarelado não vai parecer demasiado lamechas? Não vais achar-me uma cabeça no ar, uma romântica sem cura que vê tudo cor de rosa e que nunca irá sair do País das Maravilhas?

Sei lá, tenho noção que viste o mundo de uma forma diferente da minha. Estou ciente de que a tua realidade foi mais negra, mais dura, que eu não sei metade do que sentiste, do que viveste, do que aguentaste. E podia dizer-te que te vou tirar as dores, que ninguém mais te vai magoar, que quero ficar ao teu lado para te ajudar a ultrapassar todas as dúvidas, todos os males, tudo o que te estiver a pesar nas costas. Mas sabes tão bem quanto eu que não depende só de mim. E uma carta ia mudar isso?

Não, eu sei que não ia. Sei que já não és um menino pequenino a precisar de colo e que devia parar de te ver assim. E nem sei se vejo...acho que, na verdade, quem precisa de colo sou eu. Do teu colo, se puder ser. "Podemos ficar para sempre assim?"...foi uma pergunta bastante sincera. Só quero sentir-me sempre assim, porque se há lição que aprendi é que a fase das rosas não dura para sempre; que nada é certo na vida e que o que hoje é verdade amanhã pode ser a maior das mentiras. Mas contigo quero que seja tudo verdade. Quero que seja como vejo nos meus pais, quero acordar daqui a 30 anos e ter exactamente a mesma sensação ao sentir o teu perfume pela manhã.

E, bem...acho que era por isso que queria escrever-te uma carta. Para te explicar que tremer ao pé de ti é uma coisa boa, que chorar com medo do amanhã é igualmente bom. Para te dizer que me magoas quando tentas agir "naturalmente" em frente aos teus amigos, mas que me deixas absolutamente maravilhada quando vamos embora de mão dada. Para que saibas apenas que those late night conversations são coisinha para me aquecer o coração, que também não quero que o tempo passe, que ficar nos quentinho dos teus braços é bem melhor que o aconchego da minha cama. E só quero que tenhas noção que contigo não há vazio, não há medo, não há dor. Contigo só há um Céu cheio de estrelas para contemplar.

É...talvez seja esta a minha carta.


Autoria e outros dados (tags, etc)

If you're not the one

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12
If you're not the one then why does my soul feel glad today?
If you're not the one then why does my hand fit yours this way?
If you are not mine then why does your heart return my call
If you are not mine would I have the strength to stand at all

I never know what the future brings
But I know you're here with me now
We'll make it through
And I hope you are the one I share my life with

I don't want to run away but I can't take it, I don't understand
If I'm not made for you then why does my heart tell me that I am?
Is there any way that I could stay in your arms?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nada mais importa*

por Quadrada, Sexta-feira, 28.12.12

A vida tem tempos. Tem momentos certos, alturas adequadas. Talvez o meu tempo não fosse perfeito quando te conheci. Muito provavelmente, o meu momento não era aquele. Mas sabes que mais? O teu também não. E convenhamos que talvez esse momento não seja agora, mas não faz mal. Não me importo de esperar por ti. É que, sabes...agora estou no tal momento. Agora estou no tempo certo, com as ideias certas, os sentimentos certos. E é isso que quero que saibas: vai dar certo. Eu vou esperar por ti, vou lutar por ti, vou dar-te tudo o que tenho. Só preciso que acredites em mim e que não me tires o que demorei tanto a conseguir.



Autoria e outros dados (tags, etc)