Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Essa coisa da beleza

por Quadrada, Sexta-feira, 15.03.13

Cada vez mais acho que a noção de beleza é diferente de homens para mulheres. Vejo isso pelo meu namorado e pelos meus amigos. Enquanto eu e as minhas amigas achamos que as raparigas mais bonitas são sempre aquelas magras de cabelo esticado que saem à noite todas produzidas e que parecem cópias da Megan Fox, eles dizem sempre que não as acham nada de especial. Depois, quando apontam uma rapariga bonita, é sempre alguma baixinha, com o ar mais natural do mundo, que nem nos chamou muito a atenção.

Não sei se é pelo facto de essas terem mais ar de "namoradas", de raparigas de confiança, mas o certo é que é nelas que eles reparam quando têm que "escolher" uma rapariga bonita e interessante. Não é que não reparem nas outras - reparam, mas por motivos diferentes. Elas são giras, são vistosas, mas raramente passam ar de quem é digno de confiança. Talvez porque a vida delas se resume a sair à noite e ir para os bares tentar dar nas vistas. Maybe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

8 comentários

De mudadelinha a 15.03.2013 às 19:16

Tenho vindo a aperceber-me disso também, principalmente quando trabalhava á noite sentia muito essa diferença, até mais com os colegas que trabalhavam comigo, falávamos muitas vezes nisso. Mas, a verdade é que esse conceito, de que as raparigas que se arranjam todas para sair á noite é que são bonitas já se tornou um bocadinho banal/comum para eles. Ás vezes, nem são as raparigas "ocas" que parecem, mas á primeira vista é isso que se pensa, que eles pensam e, que quase toda a gente pensa. E, depois é mesmo isso, a ideia que elas passam, e, que muitas vezes são é mesmo como dizes, só pensam em maquilhar-se e sair á noite.


beijinho*

De Quadrada a 16.03.2013 às 01:06

Sim, cada vez mais noto o mesmo! O certo é que é com elas que nos comparamos, porque elas é que nos parecem as amostras baratas do que se vê nas revistas...

Comentar post